Weby shortcut
Canal do Centro Cultural UFG no YouTube
Facebook Centro Cultural
Instagram Centro Cultural UFG
sela capa

Mostra SÊLA

Mostra SÊLA reúne mais de dez artistas mulheres de SP, GO, DF e PR no CCUFG durante o Festival Bananada

 

selaselaselaselaselaselaselasela

Após duas edições realizadas em São Paulo - na Casa Natura Musical durante a Semana Internacional da Música e no mês da mulher - o coletivo SÊLA leva sua Mostra SÊLA à Goiânia, misturando em sua programação mais de dez artistas no Teatro Centro Cultural UFG. Entre elas estão estudantes da própria universidade, artistas que têm impacto na cena local e regional, além de cantautoras das capitais paulista e paranaense.

A programação celebra a diversidade de gêneros musicais e passeia do samba ao rock, do jazz à mpb, reunindo no palco do CCUFG diferentes visões do que está rolando na atual cena independente da mulher na música. Para representar a cena local a Mostra recebe o show de Bruna Mendez. Diretamente do Paraná, o trio Tuyo emociona o público com seus mais de milhões de views no youtube. Também chegam de Brasília Natália Carreira e Anna Moura dentro do Dose Dupla, que coloca artistas com projetos independentes para interagir no palco. Outras cantoras e compositoras de São Paulo participam do evento, estando confirmadas até agora: Camila Garófalo, Nina Oliveira e Marina Melo. Para completar a programação, o CCUFG recebe a estudante de música Isis Krisna, que se apresenta ao lado das ex-alunas Ingrid Lobo e Paula Bernardes.

Os bastidores da Mostra SÊLA também são exclusivamente femininos e se dividem entre produtoras, assessoras de imprensa e técnicas de som. Seguindo esse pensamento será realizado, não só durante a Mostra mas também durante todo o festival Bananada, uma websérie documental sobre a participação feminina em festivais de música, englobando mulheres envolvidas nas diferentes etapas de sua produção. A SÊLA assina a coprodução junto com a HAI Studio, produtora de conteúdo audiovisual dedicada à música e canal do YouTube com 500 mil visualizações mensais. O documentário será dividido em três partes e terá duração aproximada de 30 minutos, sendo posteriormente veiculado no canal de Youtube da HAI Studio no mês de Junho e Julho de 2018.

sela capa

[SÊLA - ser ela - colocar-se no lugar da outra]

A SÊLA é uma aliança entre mulheres da música. Em 2017 foi realizado o primeiro Festival SÊLA, produzido exclusivamente por e com mulheres, que contemplou artistas em sua diversidade étnica, geográfica e de identidade de gênero. Com casa cheia nos três dias de evento no Centro Cultural São Paulo (CCSP), alinhou uma programação baseada na pluralidade: se apresentaram no mesmo palco artistas de renome como novas cantoras da cena paulista e artistas de diversas regiões do país. A ideia expandiu e valorizou a mulher na música em todas as etapas de sua cadeia produtiva, através de shows, oficinas e palestras - dando destaque também às profissionais de áreas técnicas e dos bastidores do mercado fonográfico. Após participar ativamente da SIM São Paulo, Semana Internacional da Música, com a Mostra SÊLA na Casa Natura, o coletivo foi em busca de outras cidades do país para realizar eventos começando pela campanha "SÊLA no SUL".

Mostra SÊLA

A Mostra SÊLA é um formato de evento inventado pela SÊLA que coloca diversas artistas mulheres no palco, promovendo o encontro entre elas também no camarim (e nos bastidores!). Após o impacto em São Paulo com duas edições da Mostra na Casa Natura Musical através da Semana Internacional da Música (SIM SP) e do mês da mulher, o assunto chegou em Goiânia especialmente para o Festival Bananada.

Os shows geralmente tem duração de 15 a 45 minutos e as bandas tem as mais variadas formações, podendo misturar numa mesma noite apresentações com voz e violão mas também com banda completa. A ideia é que toda programação de uma Mostra celebre a diversidade de gêneros musicais, estando disposta a receber sonoridades que passeiam do samba ao rock, do jazz à mpb, do eletrônico ao sertanejo.

Quem já passou pela Mostra SÊLA

Letrux, Ana Cañas, Maria Gadu, Luiza Lian, Bia Ferreira, Sistah Chilli, Camila Garófalo, Bárbara Eugênia, Ana Larousse, Sara Não Tem Nome, Luiza Brina, Maria Beraldo, Ângela Carne e Osso, Danna Lisboa, Nina Oliveira, Luana Hansen, Luedji Luna, Dessa Brandão, Loreta Colucci, Thata Alves, Raíssa Lopes, Ekena.

Quem já passou pelo Festival SÊLA

Tiê, As Bahias e a Cozinha Mineira, Tássia Reis, Labaq, Marina Melo, Sara Não Tem Nome, Camila Garófalo, Sandyalê, Luana Hansen, Erica Alves.

Saiba mais sobre outras iniciativas via fanpage ou pelo site Mulher na Música, o braço digital da SÊLA.

sela banner

PROGRAMAÇÃO

Marina Melo (SP)

Camila Garófalo (SP)

Buna Mendez (GO)

Natália Carreira (DF)

Anna Moura (DF)

Isis Krisna (GO)

Paula Bernardes (GO)

Ingrid Lobo (GO)

Nina Oliveira (SP)

TUYO (PR)

 

SERVIÇO

O que: Mostra SÊLA no Bananada
Quando: 9 de maio, das 15h às 20h
Onde: CCUFG, Goiânia
Quanto: Primeiro Lote: R$ 20 (Inteira) e R$ 10 (meia) / Segundo Lote: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

 

Categorias : Aconteceu

Listar Todas Voltar